O programa Dragões Diário e a rubrica “Aconteceu” da FC Porto TV recordaram hoje a reviravolta na luz que acabaria por apurar o FC Porto para a final da Taça de Portugal

“A 20 de abril de 2011, o FC Porto regressava ao Estádio da Luz 17 dias depois de ter provocado um apagão no recinto com a (re)conquista do título nacional. A 2.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal tinha tudo para ser uma tarefa hercúlea depois da derrota por 2-0 no Estádio do Dragão, mas vencer o Benfica era um hábito particularmente enraizado no FC Porto de André Villas-Boas. João Moutinho, Hulk e Falcao foram os nomes fortes no triunfo sobre os lisboetas (3-1), o quarto em cinco jogos em 2010/11, e os Dragões reservavam lugar no Estádio do Jamor, onde viriam a erguer a Taça de Portugal após a célebre goleada ao Vitória de Guimarães (6-2).”

<div style="width: 100%; height: 0px; position: relative; padding-bottom: 75.000%;"><iframe src="https://streamable.com/s/it3i8w/ntiehb" frameborder="0" width="100%" height="100%" allowfullscreen style="width: 100%; height: 100%; position: absolute;"></iframe></div>